Postagens

Publicação em Rede de Colaboração Internacional do LEBIOS Discute os Impactos da Pandemia de Covid-19 no Brasil e em Cabo Verde

Imagem
Foi publicado recentemente na Revista Internacional em Língua Portuguesa o artigo “Perspectiva sobre o Enfrentamento da Pandemia de Covid-19 em Cabo Verde e no Brasil e o Impacto das Políticas Públicas Emergenciais”, de autoria do Prof. Dr. Hilton P. Silva, coordenador do Lebios, da Profa. Ms. Tânia Carlice dos Reis, da Universidade de Santiago e da Universidade Intercontinental de Cabo Verde, e da Profa. Ms. Keyli Silva da Universidade Jean Piaget. O artigo aborda as maneiras como os dois países enfrentaram o início da emergência mundial de saúde e suas repercussões para o desenvolvimento das políticas públicas de combate à Covid-19 em cada país. Essa colaboração em pesquisa, que oferece informações inéditas sobre a pandemia nos dois países, estreita as relações lusófonas e reforça a Rede IntegraSul, que envolve pesquisadores de diversos países e é coordenada pela Profa. Dra. Jaqueline Serra-Freire, da Universidade Federal do Pará. O número 41 da Revista Internacional em L

Bioantropologia do PPGA em Destaque em Publicação Internacional Sobre a Volta Grande do Rio Xingu.

Imagem
Foi publicado esta semana no importante periódico internacional PLOS ONE o artigo “Late Holocene Dietary and Cultural Variability on the Xingu River, Amazon Basin: A stable isotopic approach” de autoria de Letícia Morgana Müller, recém doutora em bioantropologia pelo PPGA e pesquisadora do LEBIOS, com a co-autoria de pesquisadores do Department of Archaeology do Max Planck Institute for Geoanthropology, Alemanha, da Scientia Consultoria Científica, São Paulo, do The Roslin Institute & Royal (Dick) School of Veterinary Studies, University of Edinburgh, Midlothian, Reino Unido e do PPGA, UFPA. O artigo utiliza metodologias de análise isotópica para investigar aspectos da dieta e características bioculturais de populações humanas que viveram antes da chegada dos europeus e mostra a importância da transdisciplinaridade para a compreensão de fenômenos ecológicos complexos. Os dados inéditos que originaram o artigo foram trabalhados nos laboratórios do Instituto Max Planck,

Pesquisadora do Lebios Participa de Debate Sobre Indígenas no Enfrentamento à Covid-19

Imagem
AGUARDAMOS VOCÊS!

PPGSAS, LEBIOS e Parceiros Desenvolvem Projeto sobre Análise da Saúde Oral de Populações Quilombolas da Região do Baixo Caeté, Pará

Imagem
Prof. Amujacy com a equipe iniciando trabalhos em campo . Fonte - Projeto Está sendo realizado esta semana nas comunidades quilombolas de África e Laranjituba o projeto “Promovendo a Saúde Oral para Comunidades Quilombolas”. Esta iniciativa envolve pesquisa, extensão e formação de pessoal no campo da odontologia em saúde pública e surge da necessidade de conhecer e compreender as necessidades de saúde oral e o perfil epidemiológico dos habitantes dos dois territórios quilombolas, localizados entre os Municípios de Mojú e Abaetetuba. A pesquisa-ação é realizada através do Programa de Pós-Graduação em Saúde, Ambiente e Sociedade na Amazônia/Saúde Coletiva (PPGSAS) em parceria com outras instituições como o Laboratório de Estudos Bioantropológicos em Saúde e Meio Ambiente da UFPA (LEBIOS), a Faculdade Gamaliel de Tucuruí e a Faculdade  de Odontologia da UFRJ, sendo coordenado pelo odontólogo e mestrando do PPGSAS Amujacy Tavares Vilhena. Logomarca da Associação Qui

LEBIOS parabeniza a UFPA pelos seus 65 anos

Imagem
A Universidade Federal do Pará comemora seus 65 anos de criação este mês, como uma das melhores universidades da América Latina e do Caribe ( https://portal.ufpa.br/index.php/ultimas-noticias2/13763-ufpa-sobe-19-posicoes-e-e-considerada-a-75a-melhor-universidade-da-america-latina-e-do-caribe ). Como parte das comemorações a TV Liberal realizou o programa Diversidade aliada à educação. UFPA como local de acolhimento para todas as diferenças ( https://globoplay.globo.com/v/10722261/?s=0s ), que apresenta, entre outros, a trajetória vitoriosa de Eliene Putira Sacuena, liderança indígena, pesquisadora do LEBIOS e doutoranda em bioantropologia pelo PPGA. O PPGA além de ser o único programa de pós-graduação do Brasil a oferecer formação em nível de mestrado e doutorado no campo da bioantropologia, também foi um dos primeiros na UFPA a realizar ações afirmativas no seu processo seletivo, tendo já formado mestres e doutores indígenas e quilombolas nos diversos campos da antropologi

A Pandemia de Covid-19 Aumenta a Mortalidade da População Negra

Imagem
Em matéria publicada no Portal Alma Preta, o coordenador do LEBIOS falou sobre os impactos da pandemia de Covid-19 na população negra.   O Prof. Dr. Hilton Silva destaca na entrevista que a população negra já apresentava maiores taxas de mortalidade por doenças evitáveis e preveníveis, como pré-eclâmpsia, câncer de mama, infarto, AVC, tuberculose e AIDS, entre outras há muito tempo em virtude da falta de implementação de políticas públicas. Porém, a chegada do SARS-CoV-2 agravou ainda mais a situação dos mais vulnerabilizados e, como resultado do racismo estrutural e institucional, os negros e negras têm tido mais dificuldades em acessar serviços de saúde em geral para dar prosseguimento ao tratamento, buscar diagnósticos e exames, com isso, as taxas de mortalidade por várias causas tem aumentado. A matéria completa está disponível em: https://almapreta.com/sessao/cotidiano/pandemia-agrava-mortalidade-por-doencas-que-afetam-mais-a-populacao-negra Boa leitura

Defesa de Tese em Bioantropologia no PPGA

Imagem
Escrito em ossos e dentes: dieta e saúde oral de populações pré-coloniais da Volta Grande do Rio Xingu (PA) por meio da análise de isótopos estáveis e bioarqueologi Resumo   Nesta tese, buscou-se construir conhecimento científico sobre as ocupações datadas do holoceno tardio (entre 2.200 e 250 anos atrás) na região da Volta Grande do Rio Xingu (VGRX), baseado em aspectos de saúde oral e paleodieta, além de fornecer informações para serem comparados em outras regiões e culturas da Amazônia. Para isso duas abordagens foram utilizadas: análises de isótopos estáveis de Carbono e Nitrogênio e patologias orais dos indivíduos exumados da VGRX, na perspectiva de que 1) duas diferentes abordagens poderiam trazer informações complementares em estudos com n pequeno e 2) podemos identificar diferentes dietas na Amazônia em período imediatamente anterior ao contato com os europeus, em consequência das diferentes culturas e microbiomas. A hipótese testada é adequada para a ambas as pergu